Criar um site de vendas: 6 plataformas recomendadas (2021)

plataformas de ecommerce

Índice

 1. Antes de mais nada: esqueça as plataformas e foque no seu negócio

 2. E a pergunta mais importante de todas...

 3. Escolhendo uma ferramenta para criar o seu site de vendas: 6 opções

     3.1. Shopify

         3.1.1. Para quem o Shopify é recomendado?

         3.1.2. Vantagens do Shopify

         3.1.3. Desvantagens do Shopify

         3.1.4. Planos e preços do Shopify

     3.2. Nuvemshop

         3.2.1. Para quem a Nuvemshop é recomendada?

         3.2.2. Vantagens da Nuvemshop

         3.2.3. Desvantagens da Nuvemshop

         3.2.4. Planos e preços da Nuvemshop

     3.3. Systeme.io

         3.3.1. Para quem a Systeme é recomendada?

         3.3.2. Vantagens da Systeme

         3.3.3. Desvantagens da Systeme

         3.3.4. Planos e preços da Systeme

     3.4. Woocommerce

         3.4.1. Para quem o Woocommerce é recomendado?

         3.4.2. Vantagens do Woocommerce

         3.4.3. Desvantagens do Woocommerce

         3.4.4. Planos e preços do Woocommerce

     3.5. Wix

         3.5.1. Para quem o Wix é recomendado?

         3.5.2. Vantagens do Wix

         3.5.3. Desvantagens do Wix

         3.5.4. Planos e preços do Wix

     3.6. Loja Integrada

         3.6.1. Para quem a Loja Integrada é recomendada?

         3.6.2. Vantagens da Loja Integrada

         3.6.3. Desvantagens da Loja Integrada

         3.6.4. Planos e preços da Loja Integrada

 4. Conclusão: Tabela Comparativa

Você está pensando em criar um site de vendas e precisa de ajuda para escolher a melhor plataforma de ecommerce, certo?


A primeira coisa que você precisa ter mente é: não existe essa coisa de A MELHOR plataforma de ecommerce.


Como em qualquer mercado, o que existe são empresas com estratégias diferentes, cada uma tentando oferecer vantagens para o seu público-alvo.


Logo, para fazer a melhor escolha, você primeiro precisa entender quais são as suas necessidades atuais e futuras, para depois decidir que plataforma pode te oferecer o melhor custo-benefício.

1. Antes de mais nada: esqueça as plataformas e foque no seu negócio

O maior erro dos empreendedores que começam um ecommerce é achar que o negócio se restringe a colocar um site de vendas no ar.


Na verdade, a loja virtual é apenas uma parte (importantíssima) da operação.


Mas o seu negócio também depende de diversas outras atividades no mundo digital e físico- por exemplo a geração de tráfego, conversão, relacionamento com o cliente, cadeia de fornecedores, logística de entrega, logística de devolução, pagamento, entre outras.


Logo, para escolher a melhor ferramenta de criação de sites é FUNDAMENTAL que você pense nas necessidades do seu negócio como um todo.


Para te ajudar, nós fizemos uma lista com algumas perguntas-chave que você deve responder para si mesmo:

  • Quem é o meu público-alvo?
  • Que canais eu pretendo utilizar para gerar tráfego (buscas orgânicas, GoogleAds, Redes Sociais, afiliados, etc)? De que recursos eu preciso para executar e otimizar esse processo?
  • Que canais eu pretendo utilizar para engajar a minha audiência (Blog, Redes Sociais, Email, Telegram, etc)? De que recursos eu preciso para executar e otimizar esse processo?
  • Que canais eu pretendo utilizar para me comunicar com os meus clientes no pré e pós-venda (Email, WhatsApp, Chat, Telefone, etc)? De que recursos eu preciso para executar e otimizar esse processo?
  • Quantas vendas eu devo fazer por mês?
  • Como as minhas vendas devem crescer ao longo do tempo?
  • De que parceiros eu preciso para entregar os produtos aos meus clientes? Como eu me comunico com esses parceiros?
  • Quem são os meus fornecedores? Como eu me comunico com eles?
  • Como eu vou fazer o controle de estoque e contabilidade?
  • Quais são as formas de pagamento que eu vou oferecer ao meu cliente?

2. E a pergunta mais importante de todas...

“Mas eu só quero escolher uma plataforma para criar um site de vendas.


Por que eu preciso responder todas essas perguntas?”


Por um motivo muito simples: se você pular essa etapa, você estará mais suscetível a cair na “pegadinha” da precificação das plataformas.


Um dos erros mais comuns dos empreendedores ao criar o seu site de ecommerce é olhar apenas para o preço do plano e não para o custo fixo total


Mas qual é a diferença entre as duas coisas?

E a pergunta mais importante de todas...

A maioria das plataformas de ecommerce utilizam um modelo de precificação baseado em planos. Geralmente, os planos mais básicos oferecem os recursos essenciais para você lançar a sua loja de forma rápida e barata (e quase sempre você pode testar a plataforma gratuitamente por um certo período).


Porém, se o negócio crescer ao longo do tempo (e isso é o que nós esperamos), os seus custos fixos também tendem a aumentar.


Um exemplo típico é a automação do funil de vendas: se 1 cliente por dia abandona o seu carrinho de compras, você pode enviar um email manualmente para lembrá-lo de concluir a compra, certo?


Mas e quando esse número sobe para 10, 50, 100 clientes por dia?


O mesmo vale para vários outros processos, como atendimento ao cliente, email marketing, analytics, gestão de fornecedores, gestão de parceiros logísticos, gestão de estoque, e muitos outros.


Caso a plataforma que você utiliza não tenha essa funcionalidade incluída no seu plano, você precisará fazer um upgrade ou pagar por outro serviço que se integre à plataforma.


Logo, o seu custo fixo por mês passará a ser maior que o preço do plano que você escolheu inicialmente.


Essa é a “pegadinha”: você deve pensar no custo fixo ao longo do tempo versus os benefícios que a plataforma vai te trazer - e não apenas no preço do plano que você vai pagar no primeiro mês de operação da sua loja.


Obs.: o termo “pegadinha” não quer dizer que as plataformas atuem de má fé. Pelo contrário, esse modelo de precificação dá mais flexibilidade para que os donos de ecommerce paguem apenas por aquilo que utilizam. Cabe ao empreendedor decidir qual plataforma pode oferecer melhor custo-benefício a longo prazo.


Feito esse preâmbulo, agora sim nós podemos avaliar algumas das principais plataformas de ecommerce do mercado e você poderá entender qual se adequa melhor às suas necessidades.

3. Escolhendo uma ferramenta para criar o seu site de vendas: 6 opções

3.1. Shopify

Shopify

3.1.1. Para quem o Shopify é recomendado?

  • Para quem está disposto a pagar mais para ter o máximo de opções de integração.
  • Para quem já opera em larga escala e/ou a nível internacional.

3.1.2. Vantagens do Shopify:

  • Graças ao seu design intuitivo, o Shopify permite que uma pessoa sem qualquer experiência com desenvolvimento web crie uma loja virtual de nível profissional em poucas horas.
  • Além disso, a plataforma possui integração com mais de 3.000 aplicativos de terceiros para otimizar processos de marketing, controle de estoque, logística, pagamento, etc.
  • Para quem tem planos de vender internacionalmente, o Shopify tem a funcionalidade de conversão de moeda (plano básico), múltiplos idiomas e domínios internacionais (planos intermediário e avançado), além da integração com parceiros logísticos ao redor do mundo.
  • Por fim, o Shopify oferece suporte 24/7 aos empreendedores.

3.1.3. Desvantagens do Shopify:

  • Os planos não são os mais baratos do mercado (apesar de terem um bom custo-benefício).
  • Além disso, o seu custo fixo tende a aumentar consideravelmente à medida em que você sente a necessidade de adquirir recursos essenciais para escalar seu negócio (ex: integração com e-mail marketing, CRM, gestão de afiliados, etc).

3.1.4. Planos e preços do Shopify:

  • Prazo para teste grátis: 14 dias
  • Plano Basic Shopify:
  • Preço: US$ 29,00 / mês
  • Taxa de Pagamento com Cartão de Crédito: 2,9% + US$ 0,30
  • Taxas Adicionais: 2% (em pagamentos não realizados por meio do Shopify Payments)
  • Funcionalidades: Criação de Loja Virtual e Blog, Listagem de Produtos Ilimitada, 2 Contas de Acesso, Suporte 24/7, Integração com Canais de Venda (Marketplaces e Redes Sociais), até 4 Pontos de Estoque, Encomendas Manuais, Códigos de Desconto, Certificado de Segurança SSL, Recuperação de Carrinho Abandonado, Cartão-Presente, Desconto de Frete com DHL Express, UPS e USPS, Impressão de Etiqueta, Análise de Fraudes, Integração com Venda Física, Venda em 133 Moedas.
  • Plano Shopify:
  • Preço: US$ 79,90 / mês
  • Taxa de Pagamento com Cartão de Crédito: 2,6% + US$ 0,30
  • Taxas Adicionais: 1% (em pagamentos não realizados por meio do Shopify Payments)
  • Funcionalidades adicionais: 5 Contas de Acesso, até 4 Pontos de Estoque, Relatórios Profissionais, Taxa de Conversão de Moeda Manual, Versões do Site em 2 Idiomas, Domínios Internacionais.
  • Plano Advanced Shopify:
  • Preço: US$ 299,90 / mês
  • Taxa de Pagamento com Cartão de Crédito: 2,4% + US$ 0,30
  • Taxas Adicionais: 0,5% (em pagamentos não realizados por meio do Shopify Payments)
  • Funcionalidades adicionais: 15 Contas de Acesso, até 8 Pontos de Estoque, Construtor de Relatórios Avançados, Cálculo de Frete no Checkout, Versões do Site em 5 Idiomas.

3.2. Nuvemshop

Nuvemshop

3.2.1. Para quem a Nuvemshop é recomendada?

  • Para quem busca uma plataforma focada no mercado nacional.
  • Para quem quer o menor custo de entrada (mas não necessariamente a longo prazo).

3.2.2. Vantagens da Nuvemshop:

  • Em termos de facilidade para construir sites e blogs, a Nuvemshop não deve nada ao Shopify .
  • Além disso, a Nuvemshop oferece integração direta com parceiros nacionais, como Mercado Livre, PagSeguro, Loggi, ContaAzul, Bling, entre outros (além de algumas integrações com grandes plataformas internacionais, como Paypal, Facebook, etc).
  • Os planos são mais baratos comparado ao Shopify.
  • Não possui limites de usuários administradores.
  • O prazo para teste gratuito (30 dias) é maior que a maioria dos seus concorrentes.

3.2.3. Desvantagens da Nuvemshop:

  • A Nuvemshop possui menos funcionalidades in-built que Shopify e Systeme.
  • O marketplace de aplicativos é bem mais limitado que o Shopify, com foco em parceiros brasileiros.
  • O atendimento via WhatsApp só está disponível no pacote mais caro. Nos demais planos, o suporte é prestado por email.

3.2.4. Planos e preços da Nuvemshop:

  • Prazo para teste grátis: 30 dias
  • Plano Impulso:
  • Preço: R$ 49,90 / mês
  • Taxa por Venda: R$ 1,99
  • Funcionalidades: Usuários Administradores Ilimitados, Listagem de Produtos Ilimitada, Integração com Logistica e Frete, Integração com Meios de Pagamento, Certificado de Segurança SSL, Sistema Antifraude, Checkout Transparente, Integração com WhatsApp, Suporte por Email, Layouts e Temas responsivos, App Mobile, Promoções, Carrinhos Abandonados, Integração com Canais de Venda (Marketplaces e Redes Sociais), Teclado Nuvem.
  • Plano Influência:
  • Preço: R$ 99,90 / mês
  • Taxa por Venda: R$ 0,99
  • Funcionalidades adicionais: Google Shopping, Acesso ao Código-Fonte (HTML/CSS/JS)
  • Plano Escala:
  • Preço: R$ 199,90 / mês
  • Taxa por Venda: R$ 0,49
  • Funcionalidades adicionais: Múltiplos Idiomas e Moedas para Vendas Internacionais, Suporte via WhatsApp (apenas em horário comercial, após o primeiro pagamento)

3.3. Systeme.io

Systeme.io

3.3.1. Para quem a Systeme é recomendada?

  • Para quem quer ter todas as funcionalidades de um negócio digital em uma única plataforma.
  • Para quem quer ter um custo menor e mais previsível a longo prazo.

3.3.2. Vantagens da Systeme:

  • Assim como as plataformas anteriores, a Systeme permite que você crie facilmente a sua loja virtual e blogs sem experiência anterior com desenvolvimento web.
  • O principal diferencial da Systeme é que seus planos já incluem diversas funcionalidades que seriam contratadas à parte em outras plataformas (ex.: ferramenta de e-mail marketing, funil de venda, área de membros, automatização de marketing, testes A/B, upsell, e mais). Como consequência, você não precisa gerenciar dezenas de plataformas e o custo fixo total permanece baixo à medida que você escala o seu negócio.
  • Outro grande diferencial da Systeme é que a plataforma não cobra taxa por venda, o que permite que você tenha uma margem de lucro maior.
  • Por fim, a Systeme oferece atendimento 24/7 via chat e email.

3.3.3. Desvantagens da Systeme:

  • Por ser uma plataforma em crescimento, a Systeme ainda não possui tantas opções de integração comparada a outras plataformas (o que nem sempre é necessário, já que a plataforma já oferece diversas funcionalidades in-built).

3.3.4. Planos e preços da Systeme:

  • Prazo para teste grátis: 14 dias
  • Plano Startup:
  • Preço: US$ 27,00 / mês
  • Taxa por Venda: US$ 0 (sujeito às taxas das plataformas de pagamento)
  • Funcionalidades: Ferramenta de Email Marketing com 5.000 Contatos e Envio Ilimitado de Emails, Funis de Vendas Ilimitados, Blogs Ilimitados, 3 Sites de Assinantes (sem limite no número de assinantes), Armazenamento Ilimitado de Arquivos, Automação de Marketing, Upsells em 1 clique, Priorização de Pedidos, Integração com Stripe e Paypal, Gestão do Programa de Afiliados, Suporte via Email e Chat (resposta em menos de 24 h).
  • Plano Webinar:
  • Preço: US$ 47,00 / mês
  • Taxa por Venda: US$ 0 (sujeito às taxas das plataformas de pagamento)
  • Funcionalidades adicionais: Ferramenta de Email Marketing com 10.000 Contatos, 2 Domínios Personalizados, 5 Sites de Membros (sem limite no número de membros), 3 Webinars Permanentes, Códigos de Desconto, Teste A/B.
  • Plano Enterprise:
  • Preço: US$ 97,00 / mês
  • Taxa por Venda: US$ 0 (sujeito às taxas das plataformas de pagamento)
  • Funcionalidades adicionais: Mentoria Individual (1 h de sessão).

3.4. Woocommerce

Woocommerce

3.4.1. Para quem o Woocommerce é recomendado?

  • Para quem já possui um site ou blog em WordPress e deseja transformá-lo em uma loja virtual.
  • Para quem prioriza uma opção de código aberto.

3.4.2. Vantagens do Woocommerce:

  • Por ser um plug-in para WordPress, o Woocommerce permite que você incorpore facilmente funcionalidades de ecommerce ao seu blog ou site que também é construído em WP.
  • Você pode adicionar o plug-in do Woocommerce ao WordPress sem nenhum custo inicial e agregar funcionalidades pagas de acordo com as suas necessidades.
  • Como o Woocommerce é uma plataforma de código aberto, você mantém controle total sobre o código-fonte do seu site.

3.4.3. Desvantagens do Woocommerce:

  • Pouca variedade de temas gratuitos.
  • Apesar da flexibilidade e do custo inicial baixo, a tendência é que seu custo aumente consideravelmente à medida que o volume das suas operações cresça.

3.4.4. Planos e preços do Woocommerce:

  • Preço: R$ 0
  • Funcionalidade: Software para construção de site sem programação

Obs: Apesar de o Woocommerce ser gratuito, isso não significa que você não terá outros custos, como hospedagem e Certificado SSL, por exemplo. Esse artigo (em inglês) e esse outro (em português) podem ser úteis para você ter uma noção de quanto gastaria utilizando o Woocommerce.

3.5. Wix

Wix

3.5.1. Para quem o Wix é recomendado?

  • Para quem quer criar apenas um catálogo online (sem opção de comprar pelo site).
  • Para quem quer validar uma ideia de negócio sem gastar muito.

3.5.2. Vantagens do Wix:

  • Assim como nos casos das plataformas descritas anteriormente, construir um site no Wix é simples, rápido e fácil.
  • O principal diferencial do Wix é o custo. Você pode criar um site sem pagar nada ou pagar um valor baixo para conectar um domínio (sem a funcionalidade de aceitar pagamentos online).

3.5.3. Desvantagens do Wix:

  • Para criação de sites de vendas, os preços são semelhantes aos dos concorrentes com menos benefícios.
  • O desempenho SEO dos sites do Wix tende a ser pior que aqueles construídos em outras plataformas, o que pode aumentar consideravelmente os custos de geração de tráfego.

3.5.4. Planos e preços do Wix:

  • Prazo para reembolso integral: 14 dias
  • Plano Business Básico:
  •  Preço: US$ 23,00 / mês
  • Taxa por Venda: US$ 0 (sujeito às taxas das plataformas de pagamento)
  • Funcionalidades: Integração com Meios de Pagamento, 20GB de Armazenamento, Conexão de Domínio, Domínio Grátis por 1 Ano, 5 Horas de Vídeo, Análise de Vendas e Relatórios, Certificado de Segurança SSL.
  • Plano Business Ilimitado:
  •  Preço: US$ 27,00 / mês
  • Taxa por Venda: US$ 0 (sujeito às taxas das plataformas de pagamento)
  • Funcionalidades adicionais: 35GB de Armazenamento, 10 Horas de Vídeo, Suporte para Modelo de Assinaturas, Conversão de Moeda, Integração com Marketplace.
  • Plano Business VIP:
  •  Preço: US$ 49,00 / mês
  • Taxa por Venda: US$ 0 (sujeito às taxas das plataformas de pagamento)
  • Funcionalidades adicionais: 50GB de Armazenamento, Horas de Vídeo Ilimitadas, Prioridade para Perguntas no Fórum, Suporte VIP.

3.6. Loja Integrada

Loja Integrada

3.6.1. Para quem a Loja Integrada é recomendada?

  • Para quem quer utilizar a loja virtual como um complemento ao comércio físico de pequeno porte.
  • Para quem não tem planos de escalar o ecommerce a curto/médio prazo.

3.6.2. Vantagens da Loja Integrada:

  • A Loja Integrada oferece um plano gratuito com um limite de 5.000 visitas por mês, listagem de até 75 produtos ativos e duas formas de pagamento (Checkout Transparente e Mercado Pago).
  • A Loja Integrada pode ser uma excelente opção para quem já opera um comércio físico de pequeno porte e deseja criar um ecommerce como um canal complementar.

3.6.3. Desvantagens da Loja Integrada:

  • Para quem espera mais de 5.000 visitas por mês (um número relativamente baixo, mesmo para um ecommerce de pequeno porte), existem outras opções de melhor custo-benefício, como Systeme e Nuvemshop.

3.6.4. Planos e preços da Loja Integrada:

  • Plano Grátis:
  • Preço: R$ 0,00 / mês
  • Taxa por Venda: R$ 0 (sujeito às taxas das plataformas de pagamento)
  • Funcionalidades: 5.000 Visitas por Mês, 75 Produtos Ativos, 01 Usuário Administrador, Integração com Logística e Frete, Integração com Meios de Pagamento (Checkout Transparente e Mercado Pago).
  • Plano PRO 1:
  • Preço: R$ 49,00 / mês
  • Taxa por Venda: R$ 0 (sujeito às taxas das plataformas de pagamento)
  • Funcionalidades: 10.000 Visitas por Mês, 100 Produtos Ativos, 01 Usuário Administrador, Integração com Logística e Frete, Integração com Meios de Pagamento (Checkout Transparente, Mercado Pago, PayPal, PagSeguro, Pagar.me, PagHiper, PayU e Pagamento na Entrega).
  • Plano PRO 2:
  • Preço: R$ 99,00 / mês
  • Taxa por Venda: R$ 0 (sujeito às taxas das plataformas de pagamento)
  • Funcionalidades: 20.000 Visitas por Mês, 300 Produtos Ativos, 02 Usuários Administradores, Integração com Logística e Frete, Integração com Meios de Pagamento (Checkout Transparente, Mercado Pago, PayPal, PagSeguro, Pagar.me, PagHiper, PayU e Pagamento na Entrega).
  • Plano PRO 3:
  • Preço: R$ 199,00 / mês
  • Taxa por Venda: R$ 0 (sujeito às taxas das plataformas de pagamento)
  • Funcionalidades: 30.000 Visitas por Mês, Produtos Ativos Ilimitados, 03 Usuários Administradores, Integração com Logística e Frete, Integração com Meios de Pagamento (Checkout Transparente, Mercado Pago, PayPal, PagSeguro, Pagar.me, PagHiper, PayU e Pagamento na Entrega).
  • Plano PRO 4:
  • Preço: R$ 399,00 / mês
  • Taxa por Venda: R$ 0 (sujeito às taxas das plataformas de pagamento)
  • Funcionalidades: Visitas Ilimitadas, Produtos Ativos Ilimitados, Usuários Administradores Ilimitados, Integração com Logística e Frete, Integração com Meios de Pagamento (Checkout Transparente, Mercado Pago, PayPal, PagSeguro, Pagar.me, PagHiper, PayU e Pagamento na Entrega).
  • Plano PRO MAX:
  • Preço: R$ 499,00 / mês
  • Taxa por Venda: R$ 0 (sujeito às taxas das plataformas de pagamento)
  • Funcionalidades: todos os benefícios do plano PRO 4 + integração gratuita com Plugg.to, Enviou e Frenet.

4. Conclusão: Tabela Comparativa

Se você puder levar UM ÚNICO ENSINAMENTO desse post é: uma plataforma de ecommerce não serve apenas para criar um site de vendas, mas para te ajudar a gerenciar um negócio.


Uma decisão criteriosa pode ser a diferença entre o sucesso e o fracassoda sua empresa. Portanto é importante que você pese muito bem os prós e contras de cada opção antes de fazer a sua escolha.


Para te ajudar nessa decisão, nós fizemos um quadro resumo com as 6 plataformas avaliadas nesse post:

Tabela Comparativa

Esperamos que esse post ajude no sucesso do seu negócio online!