Conteúdo do post no blog

Lance Seu Negócio Online em Apenas 7 Dias

Existem certos indivíduos que não nascem com uma colher de prata na boca e, em vez disso, criam seu próprio caminho e se tornam extremamente bem-sucedidos.


Na era da mídia social, uma das primeiras histórias que me vem a mente é a de Daymond Garfield John.


Daymond John é um empresário americano, designer de moda, autor, palestrante motivacional e personalidade da televisão.


Muitos de nós o conhecemos como um investidor de sucesso no reality show intitulado Shark Tank.


No entanto, alguns de nós também o conhecem como a pessoa que criou a linha de roupas FUBU, que se tornou viral no final dos anos 80 e início dos anos 90.


Com um patrimônio líquido atual de US $ 300 milhões, John conseguiu criar um nome e tanto para si mesmo.


Deixe-me mostrar a você sua vida, sua carreira, seus empreendimentos atuais e tudo o que o torna uma personalidade tão enigmática para se admirar.

1. Início da vida de Daymond John

Daymond John

Nascido em 23 de fevereiro de 1969, no Brooklyn, Nova York, Daymond John passou a maior parte de sua infância no bairro de Hollis, no Queens.


John era uma pessoa motivada, mesmo quando criança.


Ele começou a trabalhar aos 10 anos.


Seus pais se divorciaram quando ele era muito jovem, e a situação financeira de sua família era muito fraca.


Ele aceitou um emprego que o fazia distribuir panfletos, recebendo $2 por hora.


Quando John chegou ao ensino médio, ele conseguiu se inscrever em um programa que lhe permitiu ter um emprego em tempo integral, enquanto ia à escola em semanas alternadas.


Isso é o que despertou o impulso empreendedor dentro dele, e John também guarda essa experiência, que instiga a sede por negócios que ele continua tendo até hoje.


Mesmo após terminar o ensino médio, John continuou trabalhando, apesar de os empregos terem uma taxa de pagamento muito baixa. Foi quando ele começou seu próprio negócio.


Ele não apenas trabalhou nas mesas da Red Lobster, mas também iniciou um serviço de van de transporte regional.

2. Carreira de Daymond John e caminho para o sucesso

e caminho para o sucesso

A popularidade de John pode estar ligada ao seu papel atual como um Tubarão (investidor) na série Shark Tank, da ABC.


Nesse show, o participante apresenta ideias de negócios diante de um painel de investidores. No entanto, para John, este não foi o seu bilhete para o sucesso.


Ele ganhou popularidade em um período em que as mídias sociais nem existiam, e todos nós ainda estávamos apenas nos acostumando com a ideia de que a tecnologia estava causando grandes mudanças.


Foi quando ele começou sua marca de roupas conhecida como FUBU, que significava “For Us By Us”.


A empresa começou pequena e nasceu na casa da mãe de John, no Queens. Ele queria fazer roupas para rapazes, e sua mãe o apoiou muito e também o ensinou

a costurar.


Nesse período, uma das coisas que fazia sucesso no mundo da moda eram os bonés de lã com as pontas amarradas com linha de pesca, e John decidiu aproveitar isso.

Esses chapéus eram vendidos por $20, e John sabia desde então que eles eram muito caros.


Portanto, ele e seu vizinho se reuniram para costurar cerca de 90 chapéus.

Esses chapéus caseiros estavam sendo vendidos por eles por $10, e a dupla conseguiu ganhar $800 no mesmo dia.


Depois desse sucesso, John decidiu se aprofundar no mundo das roupas e começou a criar camisetas estampadas.


Este foi o caminho de John para o mundo das vendas, onde ganhou dinheiro com encomendas e em grandes eventos que ocorreram em todo o nordeste dos Estados Unidos.


Embora isso realmente pareça um cenário de ouro para nós, John sabia que o caminho ainda era muito mais longo.


É provavelmente por isso que ele continuou trabalhando na Red Lobster e fez seu trabalho para a FUBU em seus outros turnos.


Como já vimos antes, a mãe de John foi parte vital de seu sucesso geral.


Depois que o negócio de roupas de John começou a decolar, ela acabou hipotecando a casa deles por $100 mil, e esse dinheiro permitiu a eles obter o capital inicial de que precisavam para a FUBU.


John usou esse dinheiro para contratar seus amigos, Alexander Martin e Keith Perrin, para seu negócio. O logotipo da FUBU foi costurado em várias peças de roupa, como t-shirts, moletons e camisetas.


John e sua equipe sabiam desde então que a melhor maneira de alcançar seu público era perseguindo as pessoas que todos admiravam.


É por isso que eles emprestaram cerca de 10 de suas camisetas de hóquei para rappers que fizeram videoclipes de sucesso.


Portanto, este é um dos exemplos de como John usou o marketing inteligente para divulgar seu negócio.


Você pode imaginar o que teria acontecido se o marketing de mídia social existisse naquela época? A FUBU provavelmente teria sido capaz de alcançar seu público-alvo mais cedo.


A importância do marketing intelectual, portanto, nunca pode ser exagerada, e essa é a primeira lição para quem está tentando abrir um novo negócio.


Com a ajuda de uma plataforma de marketing abrangente, como a systeme.io, podemos ajudar nossos negócios a atingir o pico de sucesso que imaginamos, assim como o próprio Daymond John fez.


Depois que essas camisetas foram enviadas, a reação foi impecável, e John até conseguiu convencer um velho amigo da vizinhança, LL Cool J, a colocar uma camiseta da FUBU em uma de suas campanhas promocionais de 1993.


A FUBU recebeu ainda mais atenção quando Cool J. foi visto usando um boné da FUBU em um anúncio da The Gap. O comercial ainda tinha “For Us By Us” incorporado ao rap.

FUBU logo

Depois disso, John ganhou quase $300 mil com os pedidos que surgiram.


Depois disso, ele também recebeu uma oferta para participar da Macy's, em uma feira de moda em Las Vegas.


A situação financeira durante este tempo tornou-se um pouco difícil, e tiveram que obter uma segunda hipoteca da casa da mãe de John para poderem cumprir todas as encomendas.


Eles foram de banco em banco, mas foram rejeitados por 27 deles.


Como último recurso, eles usaram a última gota do dinheiro para imprimir um anúncio no New York Times, ao qual a Samsung Textiles respondeu, e eles puderam cumprir os pedidos.


A luta inicial para John, portanto, foi grande e a longo prazo. No entanto, tudo acabou bem no final.


A popularidade do FUBU cresceu muito durante os anos 90 e o início dos anos 2000, e rendeu $6 bilhões em vendas globais até agora.


A marca também foi apresentada no Museu Nacional de História e Cultura Afro-americana do Smithsonian, e foi apenas uma das muitas empresas às quais John se associou até agora.


A popularidade de Fubu chegou a diminuir em 2009, no entanto, o sucesso veio para John em forma de convite para ser um membro do elenco de Shark Tank, um novo reality show de negócios da ABC na época.


O programa, conforme mencionado anteriormente, tem concorrentes apresentando suas ideias de negócios diante de um painel de investidores.


Esses investidores, então, fornecem aos concorrentes dinheiro que serve como capital inicial.


Os investidores recebem um monte de opções em troca, que pode ser uma participação na empresa, uma seção das vendas e assim por diante.


Foi assim que John se tornou uma celebridade e investidor no mundo da televisão.


O programa está atualmente em sua 11ª temporada e John investiu mais de $8,5 milhões nele.


Ele diz que um de seus investimentos mais memoráveis ​​do reality show foram as costelas desossadas de "Al Bubba Baker" e as meias "Bombas".


John continuou a se envolver com novas empresas e novos grupos nos anos seguintes.


Ele também é o CEO e fundador do The Shark Group, uma empresa de consultoria e gerenciamento de marcas, localizada em Manhattan, Nova York.


Design, gestão de marcas, palestras, fabricação, terceirização, marketing integrado e mídia social são alguns dos elementos em que esse grupo se especializou.


Eles trabalharam com empresas como The Home Depot, Johnson & Johnson, Chase, Forbes, Miller Lite e até mesmo a Casa Branca.


Além de negócios, John se interessou por redação, palestra motivacional, consultoria e outros ramos.


Ele usa suas habilidades de falar em público para colaborar com celebridades e empresas que geram mais fluxos de extensões de marcas.


Além de sua clientela incluir a Pitbull e a Miss Universe Organization, ele também é o embaixador da marca Shopify.


Entre os muitos lugares e eventos de renome em que ele falou, alguns deles incluem a Babson College School of Entrepreneurship, o programa Creative LIAisons no Annual London International Awards.


Também incluem a Conferência Feminina da Primeira Dama — Maria Shriver — da Califórnia, em 2010, a Rutgers University e a AT&T's History Makers Tour.


John também se tornou o cofundador da Success Formula, um programa que instrui empreendedores e donos de empresas sobre como iniciar um negócio e fazê-lo crescer.


O programa foi rebatizado como Fórmula para o Sucesso do Próximo Nível em setembro de 2019.

3. Citações de Daymond John

Daymond John quote

Como um orador motivacional influente, John obviamente possui inúmeras pérolas de sabedoria que podem servir de motivação para todos nós.


Vejamos algumas das citações mais inspiradoras dele que podem realmente ser o impulso positivo de que todos precisamos:

  • “A primeira coisa que você pode fazer com a mídia social é descobrir e entender por que as pessoas gostam ou não gostam... Você realmente consegue ver a realidade do que as pessoas pensam de você.”
  • “Acredito que a última coisa que leio à noite provavelmente se manifestará quando eu estiver dormindo. Você se torna o que você mais pensa. ”
  • "Faça. Domine. Importa-se."
  • “Não espere pelo 'momento perfeito', você vai esperar para sempre. Sempre aproveite o tempo que você tem.”
  • “Alinhe-se com as pessoas certas, estabeleça os relacionamentos certos e você estará pronto para o longo prazo.”
  • “Procuro trabalhar com empresas que sabem o que estão fazendo, mas precisam de maior distribuição ou exposição.”
  • “Todo problema pode ser resolvido, desde que eles usem o bom senso e apliquem as pesquisas e técnicas corretas.”
  • “Um empreendedor experiente nem sempre buscará dinheiro para investir primeiro.”
  • “Procuro nos fundadores uma pessoa que considero confiável, motivada e inteligente. Eu invisto primeiro na pessoa, porque caso o negócio falhe, a pessoa e eu podemos seguir em frente e criar outro negócio.”
  • “Um empreendedor deve apresentar a um investidor em potencial quanto vale a empresa, bem como vender o sonho de quanto lucro pode ser obtido.”
  • “Eu aprendi que, como com qualquer outra coisa, os negócios são tão bons quanto suas conexões e seus recursos. E alguns dos recursos que tenho são que trabalho com grandes artistas. ”
  • “Se você não se educar, nunca sairá do ponto de partida, porque vai gastar todo o seu dinheiro para tomar decisões tolas.”
  • “Aprenda com todos os erros e o que não fazer enquanto seu negócio ou produto é pequeno. Não tenha tanta pressa em fazer sua marca crescer. Certifique-se de que você e o mercado podem suportar quaisquer solavancos que possam ocorrer no caminho.”
  • “Sou um grande defensor da inteligência financeira.”
  • “Mentores, de longe, são os aspectos mais importantes dos negócios.”
  • “Se você for lá e começar a fazer barulho e a vender, as pessoas vão te encontrar. As vendas curam tudo. Você pode falar sobre o quão bom é o seu plano de negócios e como você vai se sair bem. Você pode inventar suas próprias opiniões, mas não pode inventar seus próprios fatos. As vendas curam tudo.”
  • “Cinco dias por semana leio minhas metas antes de dormir e ao acordar. Existem 10 metas sobre saúde, família e negócios, com datas de vencimento, e eu as atualizo a cada seis meses.”
  • “Sempre tentei me alinhar com parceiros estratégicos, amigos e informações para me ajudar com as coisas que eu não sabia e, no final das contas, consegui.”
  • “Meus pais sempre me ensinaram que meu trabalho diurno nunca me faria rico; seria meu dever de casa.”
  • “O que aprendi é: cometa todos os erros possíveis com o seu próprio dinheiro e em um pequeno nível de modo que, quando você for responsável pelo dinheiro ou ativos de um parceiro, você tenha aprendido e não torne a cometer mais erros.”
  • “Ao observar as tendências, sempre me pergunto questões básicas e atemporais sobre os negócios, e a pergunta que parece sempre voltar é: 'Como isso difere de qualquer outra coisa no mercado?'”
  • “Não importa em que negócio você esteja, negócio é negócio, financiamento e dinheiro são essenciais. Eu teria cometido muito menos erros se tivesse mais escolaridade nessa área.”
  • “A boa aparência é essencial e o estilo impecável é obrigatório. Se você não tiver essa aparência, ninguém vai querer lhe dar tempo ou dinheiro.”

4. Livros de Daymond John

Daymond John escreveu muitos livros que podem ser úteis para qualquer pessoa que queira abrir seu próprio negócio.


Alguns dos títulos que todos nós deveríamos estar procurando incluem The power of broke: Como bolsos vazios, um orçamento apertado e uma fome de sucesso podem se tornar sua maior vantagem competitiva; Rise and Grind: Supere, supere e supere seu caminho para uma vida mais bem-sucedida e recompensadora; The Brand of Whithin: O poder da gestão da marca desde o nascimento até a sala de reuniões;Display of Power: Como o Fubu mudou o mundo da moda, da marca e do estilo de vida; Powershift: Como dominar as três pontas de influência para fechar qualquer negócio e alcançar qualquer resultado, e eSCAPE: Os 4 estágios para se tornar um empreendedor de sucesso (com Anik Singal).


Sendo ele mesmo um leitor, John também tem certas recomendações de livros de sua parte que ele considera leituras obrigatórias para muitos de nós.


Algumas dessas recomendações são: Pai rico, Pai pobre: ​​O que os ricos ensinam a seus filhos sobre dinheiro - que os pobres e a classe média não ensinam! (por Robert Kiyosaki); Estratégia do Oceano Azul: Como Criar Espaço de Mercado Não Contestado e Tornar a Competição Irrelevante (por W. Chan Kim e Renee Mauborgne); Pense e Enriqueça (de Napoleon Hill); A Vida é uma Série de Apresentações (de Tony Jeary), Quem Mexeu no Meu Queijo? (por Spencer Johnson) e O Gerente Minuto (por Kenneth H. Blanchard e Spencer Johnson).

Estes artigos também podem ser do seu interesse:

Download the book

Obtenha este guia gratuito

O Novo Sistema para Lançar

um Negócio Online

O que você vai aprender:

  • Como começar seu primeiro negócio online em 7 dias
  • Como dominar uma habilidade online de alto retorno
  • Os segredos para escalar seu negócio para o próximo nível

Nós ODIAMOS spam. Seu endereço de email está 100% seguro.

A Systeme.io é uma ferramenta para construir seu negócio online de forma simples, acessível e intuitiva. Feita para qualquer um que deseja ter um negócio de sucesso.

© systeme.io. Todos os direitos reservados.

© systeme.io. Todos os direitos reservados.