Conteúdo do post no blog

Lance Seu Negócio Online em Apenas 7 Dias

Esse artigo é feito para ajudar pessoas que...


...perderam o emprego;


...precisam gerar uma renda extra;


...não se vêem em um emprego tradicional de 9h às 17h;


...não conseguem uma oportunidade para entrar no mercado de trabalho;


...querem ter liberdade para fazer a sua própria rotina e trabalhar de qualquer lugar.


Um dos grandes benefícios que a internet trouxe foi a possibilidade de começar negócios sem fazer grandes investimentos financeiros.


Isso significa que você vai ficar milionário da noite para o dia? É pouco provável.


Mas é plenamente possível que, em pouco tempo, você consiga bancar 100% do seu custo de vida com um negócio digital.


Eventualmente, à medida que o seu negócio for crescendo, você poderá sim ter um padrão de vida mais confortável.


Mesmo assim, tudo começa com um primeiro passo - e o objetivo desse post é ajudar você a escolher o melhor caminho a seguir.


Para que você não se perca em um mar de opções, nós selecionamos apenas os 5 principais tipos de negócios que você pode começar sem muito dinheiro, apresentando, de forma muito realista:

  • O que você precisa saber ou aprender;
  • Quais são as vantagens de cada tipo de negócio;
  • Quais são os riscos aos quais você precisar se atentar;
  • Quais são os passos que você precisa seguir para sair do zero a um modelo lucrativo.

Dessa forma, você poderá entender quais são as principais formas de se ganhar dinheiro pela internet e optar por aquele que se adequa melhor ao seu caso.

1. E-commerce

E-commerce

1.1. O que é E-Commerce?

E-commerce é um tipo de negócio que utiliza a internet para vender produtos físicos.

1.2. Habilidades e conhecimentos importantes para começar um negócio de E-Commerce:

1.3. Vantagens do E-Commerce:

  • Baixos custos iniciais e de operação comparado a um comércio físico;
  • Maior flexibilidade para testar estratégias diferentes comparado a um comércio físico;
  • Maior escalabilidade comparado a um comércio físico.

1.4. Riscos do E-Commerce:

  • Investir na criação da loja virtual e na compra/produção de produtos para depois descobrir que não há demanda suficiente;
  • Não obter lucro satisfatório devido aos custos de logística e de marketing;
  • Não conseguir gerenciar bem todas as atividades.

1.5. Passo-a-passo para criar um negócio lucrativo de E-Commerce:

1) Faça uma lista com 3 a 5 nichos, seus hábitos digitais e produtos que eles podem consumir.


Exemplo:

2) Para cada nicho, faça uma análise de mercado para descobrir como você poderia produzir o produto X, ou comprá-lo do fornecedor Y, e vendê-lo para o cliente Z com vantagem competitiva (ex: menor preço, qualidade superior, entrega mais rápida, personalização, etc).


3) Planeje a logística:

  • Eu vou comprar/produzir produtos para estocar ou eu vou comprar/produzir sob encomenda?
  • Quantos pedidos eu tenho capacidade de atender por semana?
  • Quais são os custos para comprar, transportar e armazenar material?
  • Quais são os custos para produzir, modificar ou embalar produtos?
  • Como será feita a entrega? Que região geográfica eu vou atender? Quanto vai custar?
  • Como o cliente poderá trocar ou devolver produtos? Quanto vai custar?

4) Planeje a operação da loja virtual. O seu site de vendas pode ser criado em poucas horas, sem que você saiba programar, por meio de plataformas de e-commerce como Shopify e systeme.io


Essas plataformas oferecem diversos recursos para facilitar atividades como processar pagamentos, automatizar o envio de e-mails, calcular frete e acompanhar o status da entrega.


5) Planeje o marketing, as vendas e o CRM:

  • Com base nos hábitos digitais, onde eu posso encontrar clientes online e como eu posso levá-los para a minha loja virtual? (Aprenda mais sobre Geração de Tráfego e Funil de Vendas )
  • Qual é o esforço necessário para convencer o cliente a comprar? (Aprenda mais sobre Marketing de Conteúdo e Copywriting)
  • Que canais de venda eu vou utilizar e que formas de pagamento eu vou oferecer ao cliente? (Aprenda mais sobre Canais de Venda e Formas de Pagamento)
  • Que canais eu vou utilizar para atender o cliente após a venda (por exemplo, para devoluções e trocas, prover suporte técnico, etc)? (Aprenda mais sobre Atendimento ao Cliente)
  • Como eu vou fidelizar o cliente para que ele compre novamente? (Aprenda mais sobre Engajamento e E-Mail Marketing)
  • Considerando o tamanho do mercado que eu posso alcançar e a minhas capacidade, quantas vendas eu estimo fazer por mês?

6) Faça as contas. Multiplique o preço pelo número de vendas estimado para encontrar a sua expectativa de receita.


Depois desconte os custos (marketing, logística, intermediações, impostos) para descobrir que lucro você pode esperar de cada nicho. Repita esse processo, simulando diferentes cenários - mais otimistas e mais pessimistas - e verifique qual nicho tem o maior potencial de lucro (probabilidade x retorno estimado).


7) Comece em pequena escala, testando as hipóteses que você assumiu ao planejar o negócio. Experimente diferentes variações de produtos, estratégias de marketing e segmentos de clientes, de modo a otimizar o seu Custo de Aquisição de Clientes (CAC).


8) Quando encontrar um modelo lucrativo, reinvista para aumentar seu alcance e a sua oferta de produtos de modo a escalar seu negócio.

2. Dropshipping

2.1. O que é Dropshipping?

Dropshipping é uma modalidade de e-commerce, na qual uma loja virtual apresenta um catálogo de produtos mas não possui esses produtos em estoque.


Quando um cliente efetua uma compra, a loja gera um pedido para o fornecedor, que encaminha a mercadoria diretamente para o cliente, sem passar pelas mãos do dropshipper.


Ainda assim, junto ao consumidor, o dropshipper tem as mesmas responsabilidades de um e-commerce comum.

2.2. Habilidades e conhecimentos importantes para começar um negócio de Dropshipping

2.3. Vantagens do Dropshipping:

  • Os riscos e custos de estoque são reduzidos comparado ao e-commerce comum.
  • Maior flexibilidade de produtos oferecidos e regiões atendidas comparado ao e-commerce comum.
  • Menos envolvimento nas atividades de Logística comparado ao e-commerce comum.
  • Maior escalabilidade comparado ao e-commerce comum.

2.4. Riscos do Dropshipping:

  • Ser responsabilizado pela qualidade dos produtos e entrega no prazo, mesmo sem ter controle sobre a produção e a logística.
  • Ter produtos importados retidos na alfândega, gerando custos, atrasos e problemas legais.
  • Não obter lucro satisfatório devido aos custos de logística e de marketing (as margens de lucro tendem a ser menores comparado ao e-commerce comum).

2.5. Passo a passo para criar um negócio lucrativo de Dropshipping:

1 e 2) Idem aos Passos 1 e 2 do E-commerce. Obs: busque fornecedores que já estão preparados para atuar no modelo de dropshipping.


3) Planeje a logística:

  • Qual é o caminho que o produto fará do fornecedor até o cliente?
  • Quanto vai custar, quanto tempo vai levar e qual será o impacto no preço final e nas vendas?
  • Como você vai se comunicar e supervisionar a cadeia de suprimentos?

4 a 8) Idem aos Passos 4, 5, 6, 7 e 8 do E-commerce.


9) Monitore seus fornecedores e parceiros logísticos para evitar que produtos de baixa qualidade e atrasos na entrega gerem custos excessivos com devoluções e cancelamento de compra.


10) Minere sempre novos produtos, pois produtos campeões tendem a ser copiados pelos competidores com o tempo, enxugando as suas margens de lucro até saturar o mercado.

3. Freelancer

Freelancer

3.1. O que é Freelancer?

Trabalhar como Freelancer significa que você vai prestar serviços para pessoas físicas ou jurídicas, sem vínculos empregatícios.

3.2. Habilidades e conhecimentos importantes para começar um negócio como Freelancer?

  • Qualquer habilidade que permita realizar tarefas que tenham valor para alguém;
  • Vendas.

3.3. Vantagens de ser Freelancer:

  • Não é necessário fazer nenhum investimento inicial;
  • Você pode ter retorno financeiro desde o primeiro dia.

3.4. Riscos de ser Freelancer:

  • A escalabilidade do modelo de negócios tende a ser baixa
  • A médio/longo prazo, a receita tende a se estagnar.

3.5. Passo a passo para criar um negócio lucrativo como Freelancer:

1) Faça uma lista de habilidades que você já possui ou tem interesse em desenvolver (criação de conteúdo, desenvolvimento de software, edição de vídeos, tradução, suporte administrativo, etc).


2) Visite sites como 99Freelas, Freelancer, Upwork, Fiverr e Workana e faça uma pesquisa para entender que tipo de trabalho você pode fazer, que habilidades você precisa aprimorar e em que nicho você pode se focar.


3) Crie um portfólio, mesmo que você não tenha experiência na área. Produza qualquer tipo de material que prove para os seus futuros clientes que você tem valor a agregar.


4) Crie seu pitch e faça contato com clientes. Você pode utilizar as plataformas citadas no Passo 2, ou utilizar outros métodos, como oferecer seus serviços para conhecidos, divulgar seu trabalho no LinkedIn ou enviar e-mails frios.


5) Reinvista parte dos seus ganhos na sua capacitação para que a sua hora se valorize cada vez mais.

4. Mídia Digital

Mídia Digital

4.1. O que é Mídia Digital?

Negócios de Mídia Digital são aqueles que utilizam blogs, redes sociais, plataformas de vídeo, podcasts, ou qualquer outro formato de distribuição de conteúdo para construir uma audiência e gerar receita com publicidade (também é possível gerar receita de outras formas, como e-commerce e infoprodutos, que são tratados em outros itens).

4.2. Habilidades e conhecimentos importantes para começar um negócio de Mídia Digital

  • Comunicação escrita, oral ou audiovisual;
  • Edição de imagens, vídeo ou som (dependendo do formato);
  • Marketing Digital;
  • Modelos de monetização (anúncios patrocinados, AdSense, programas de afiliados).

4.3. Vantagens da Mídia Digital

  • Baixo investimento financeiro inicial comparado ao e-commerce e dropshipping;
  • Alta escalabilidade.

4.4. Riscos da Mídia Digital

  • Enfrentar uma competição muito intensa e não conseguir gerar uma audiência significativa;
  • Conquistar uma audiência considerável, mas não conseguir monetizar o suficiente;
  • Não conseguir sustentar o negócio sem receita (o tempo necessário para obter retorno tende a ser mais longo que as outras opções).

4.5. Passo a passo para criar um negócio lucrativo de Mídia Digital

1) Faça uma lista de possíveis temas para o seu canal de mídia, relacionando formatos, públicos-alvo e diferenciais competitivos.


(Dica: pesquise referências de canais de sucesso em outros idiomas. Você pode, até mesmo, fazer uma parceria com o criador do conteúdo original para adaptar o conteúdo para o público do Brasil.)

2) Pesquise por produtos e serviços que seriam interessantes para o seu público-alvo.


Verifique se essas empresas possuem programas de afiliados ou se tem um histórico de expor a sua marca em canais de mídia digital.


3) Faça as contas para estimar o potencial de monetização. Para uma audiência de tamanho X:

  • Quantos clientes um anunciante poderia adquirir? Quanto isso representaria em receita para esse parceiro?
  • Quantas vendas eu poderia fazer como afiliado?
  • Quanto eu poderia monetizar com AdSense?
  • A partir dessa estimativa, você terá uma ideia do tamanho mínimo da audiência que você precisa conquistar para tornar o seu negócio viável.

4) Defina o tema que você quer abordar e comece com um único canal. Planeje um cronograma de publicações, crie o seu canal e comece a publicar.


5) Utilize redes sociais e SEO para promover o seu canal e atrair audiência.


6) Faça testes e monitore os KPIs que tipo de conteúdo gera maior engajamento com a sua audiência.


7) Inscreva-se em programas de afiliados, e uma vez que tiver uma audiência considerável, prospecte anunciantes.

5. Infoproduto

Infoproduto

5.1. O que é Infoproduto?

Infoprodutos são conteúdos informativos que podem ser comercializados na forma de eBooks, vídeo aulas, audiobooks, acesso exclusivo para membros, ou qualquer outro formato digital.

5.2. Habilidades e conhecimentos importantes para começar um negócio de Infoprodutos:

  • Qualquer conhecimento pelo qual as pessoas estejam dispostas a pagar para que você compartilhe;
  • Boa didática escrita ou oral;
  • Marketing digital e Vendas.

5.3. Vantagens de Infoprodutos:

  • Alta escalabilidade;
  • Alta margem de lucro;
  • Distribuição 100% digital, sem preocupação com Logística.

5.4. Riscos de Infoprodutos:

  • Investir muito tempo criando um infoproduto e não conseguir gerar vendas suficientes;
  • Não obter lucro devido aos custos de marketing.

5.5. Passo a passo para criar um negócio lucrativo de Infoprodutos:

1) Faça uma lista dos conhecimentos que você possui e pode ensinar para outras pessoas (aulas de desenho, dicas de investimento, dicas de relacionamento, métodos de estudo para passar em concursos, etc).


2) Pesquise o mercado para entender muito bem quem são os seus clientes, quais os seus hábitos digitais e que tipo de problemas você pode ajudar a solucionar.


3) Valide a sua ideia antes de começar a produzir o seu infoproduto. Faça um teste rápido e barato para ter certeza de que as pessoas realmente têm interesse em pagar pelo seu produto digital.


4) Planeje a sua estratégia de marketing digital:

  • Como eu vou gerar tráfego?
  • Qual será o esforço de criação de conteúdo e copywriting necessário para converter um cliente?
  • Quem eu posso ter como encontrar afiliado? Quanto de a comissão eu estou disposto a pagar?
  • Que plataforma eu vou utilizar para criar a página de vendas, distribuir o infoproduto, automatizar e-mail marketing e gerenciar afiliados?
  • Considerando o tamanho do mercado que eu posso alcançar e o meu orçamento de marketing, quantas vendas eu estimo fazer por mês?
  • Que outros infoprodutos eu poderia criar na sequência ou vender como afiliado?

5) Crie e seu infoproduto.


6) Comece a promover o infoproduto em pequena escala, monitorando os KPIs e otimizando as suas campanhas.


7) Invista para gerar mais alcance, uma vez que tiver encontrado o modelo mais lucrativo.

6. Conclusão

Com base nas informações apresentadas nesse artigo, você deve ter uma boa noção de que tipo de negócio se adequa melhor ao seu caso.


Escolha o seu caminho e continue aprendendo mais sobre o assunto no nosso blog

Download the book

Obtenha este guia gratuito

O Novo Sistema para Lançar

um Negócio Online

O que você vai aprender:

  • Como começar seu primeiro negócio online em 7 dias
  • Como dominar uma habilidade online de alto retorno
  • Os segredos para escalar seu negócio para o próximo nível

Nós ODIAMOS spam. Seu endereço de email está 100% seguro.

A Systeme.io é uma ferramenta para construir seu negócio online de forma simples, acessível e intuitiva. Feita para qualquer um que deseja ter um negócio de sucesso.

© systeme.io. Todos os direitos reservados.

© systeme.io. Todos os direitos reservados.