Guia Completo: 38 Ferramentas de Marketing Digital para 2021

Logo do Shopify

Índice

 1. Ferramentas de Geração de Tráfego

     1.1. Ferramentas de SEM

         1.1.1. Ferramentas de SEM: Google Keyword Planner

         1.1.2. Ferramentas de SEM: SEMRush

         1.1.3. Ferramentas de SEM: Yoast SEO

     1.2. Ferramentas de Mídias Sociais

         1.2.1. Ferramentas de Mídias Sociais: Sprout Social

         1.2.2. Ferramentas de Mídias Sociais: Canva

         1.2.3. Ferramentas de Mídias Sociais: Toonly

 2. Ferramentas de Engajamento e Conversão

     2.1. Ferramentas de Construção de Sites e/ou Blogs

         2.1.1. Ferramentas de Construção de Sites e/ou Blogs: WordPress

         2.1.2. Ferramentas de Construção de Sites e/ou Blogs: Wix

         2.1.3. Ferramentas de Construção de Sites e/ou Blogs: Webnode

     2.2. Plataformas de E-Commerce

         2.2.1. Plataformas de E-Commerce: Shopify

         2.2.2. Plataformas de E-Commerce: Sellfy

         2.2.3. Plataformas de E-Commerce: WooCommerce

     2.3. Plataformas de Infoprodutos

         2.3.1. Plataformas de Infoprodutos: Teachable

         2.3.2. Plataformas de Infoprodutos: Thinkific

         2.3.3. Plataformas de Infoprodutos: Kajabi

         2.3.4. Plataformas de Infoprodutos: Podia

         2.3.5. Plataformas de Infoprodutos: Hotmart

         2.3.6. Plataformas de Infoprodutos: Learndash

     2.4. Ferramentas de Construção de Landing Pages

         2.4.1. Ferramentas de Construção de Landing Pages: Instapage

         2.4.2. Ferramentas de Construção de Landing Pages: Unbounce

         2.4.3. Ferramentas de Construção de Landing Pages: Leadpages

         2.4.4. Ferramentas de Construção de Landing Pages: Thrive Architect

     2.5. Ferramentas de Construção de Funis de Vendas

         2.5.1. Ferramentas de Construção de Funis de Vendas: Clickfunnels

         2.5.2. Ferramentas de Construção de Funis de Vendas: ThriveCart

     2.6. Ferramentas de Email Marketing

         2.6.1. Ferramentas de Email Marketing: MailChimp

         2.6.2. Ferramentas de Email Marketing: Sendgrid

         2.6.3. Ferramentas de Email Marketing: ConvertKit

         2.6.4. Ferramentas de Email Marketing: Activecampaign

     2.7. Ferramentas de Webinários

         2.7.1. Ferramentas de Webinários: Webinarjam

         2.7.2. Ferramentas de Webinars: Clickmeeting

     2.8. Ferramentas All-in-One

         2.8.1. Ferramentas All-in-One: Builderall

         2.8.2. Ferramentas All-in-One: systeme.io

         2.8.3. Ferramentas All-in-One: Kartra

 3. Ferramentas de Análise e Aprimoramento

     3.1. Ferramentas de Analytics

         3.1.1. Ferramentas de Analytics: Google Analytics

         3.1.2. Ferramentas de Analytics: Mixpanel

         3.1.3. Ferramentas de Analytics: Hotjar

     3.2. Ferramentas de Teste A/B

         3.2.1. Ferramentas de Otimização de Conversão: Google Optimize

         3.2.2. Ferramentas de Otimização de Conversão: Optimizely

Para quem está começando a se aventurar no universo do marketing digital, a avalanche de ferramentas que aparecem prometendo resolver os seus problemas pode ser um tanto sufocante.


Você já teve a sensação de que se você não assinar todas elas, você vai ser inevitavelmente engolido pela concorrência? Pois é, a realidade não é bem assim.


Ferramentas de marketing digital são softwares que viabilizam, automatizam e/ou melhoram o desempenho de atividades ligadas à promoção e venda de produtos pela internet.


Dentre os vários tipos de ferramentas de marketing digital que existem, algumas podem ser vitais para a sua estratégia, enquanto outras podem ser “artigos opcionais” capazes de aumentar o seu lucro e/ou reduzir a sua carga de trabalho.


Por outro lado, você precisa tomar cuidado para não adquirir mais ferramentas do que você precisa, pois isso certamente sobrecarregará a sua estrutura de custos e pode tornar o seu negócio insustentável.


Portanto, é muito importante que você entenda exatamente o que cada ferramenta de marketing digital faz e selecione apenas aquelas que se encaixam na sua estratégia.


Para te ajudar a montar essa “caixa de ferramentas” ideal sem que você se perca, nós organizamos uma lista com 12 categorias, agrupadas em 3 “super categorias”:

  • Geração de Tráfego:
  • Marketing de Mecanismos de Busca (SEM)
  • Mídias Sociais
  • Engajamento e Conversão:
  • Construção de Sites e/ou Blogs
  • Plataformas de E-Commerce
  • Plataformas de Infoprodutos
  • Construção de Landing Pages
  • Construção de Funis de Vendas
  • Email Marketing
  • Webinars
  • Ferramentas All-in-One
  • Análise e Aprimoramento:
  • Analytics
  • Teste A/B

Para cada categoria, nós explicamos exatamente o que aquele tipo de ferramenta faz e citamos os produtos que estão em alta dentro de cada segmento.


Pense nessa lista de ferramentas de marketing digital como se fosse a loja de itens de um game. Lá, você tem inúmeras opções de “armas”, “skins” e “acessórios”, mas comprará primeiro aquelas que são realmente essenciais e que cabem no seu bolso.


Por exemplo, digamos que a sua estratégia seja gerar tráfego orgânico no Google, direcionado para posts no seu blog.


Em cada artigo do blog, existem links para uma página que convida o leitor a se inscrever em um webinário gratuito. Com essa lista de contatos construída, você enviará uma série de e-mails, culminando em uma oferta de venda.


Nesse caso hipotético, a única ferramenta de Geração de Tráfego que você realmente precisaria seria uma ferramenta de SEM, mais especificamente uma ferramenta de SEO.


Para Engajamento e Conversão, você teria duas opções:


1) adquirir ferramentas independentes para a construção do blog, construção de landing page, automação de e-mail marketing, e webinário; ou


2) usar uma plataforma all-in-one que faça tudo isso.


Já para Análise e Aprimoramento, algumas ferramentas básicas de Analytics seriam suficientes, embora ferramentas de Teste A/B também pudessem ser úteis no futuro.


Em suma, você vai comprar apenas o que você precisa para colocar sua estratégia em prática. 


Na medida em que você for acumulando mais “moedas”, você pode adquirir outros “itens” que vão melhorar a sua performance.

1. Ferramentas de Geração de Tráfego

1.1. Ferramentas de SEM

SEM é a sigla para Search Engine Marketing ou, traduzindo para português, Marketing de Mecanismos de Busca.


As ferramentas de SEM são aquelas que te ajudam a se destacar nas páginas de resultados de sites de busca como o Google. Isso pode ser alcançado de duas formas:


a) Melhorando a sua posição orgânica por meio da aplicação de técnicas de SEO (Search Engine Optimization, ou Otimização para Mecanismos de Busca); ou


b) Pagando para o site de busca exibir seu link em uma posição de destaque (pay per click).

1.1.1. Ferramentas de SEM: Google Keyword Planner

Google Keyword Planner

O Google Keyword Planner é uma ferramenta gratuita dentro do Google Ads e pode ser usada tanto para a descoberta de palavras-chave, tanto para campanhas pagas quanto para SEO.

1.1.2. Ferramentas de SEM: SEMRush

Ferramentas de SEM: SEMRush

O SEMRush é uma ferramenta que fornece diversos dados sobre SEM de forma mais completa e mais detalhada que o Google Keyword Planner.


Dentre as inúmeras ferramentas com proposta similar ao SEMRush, merecem destaque Moz, Ubersuggest e Ahrefs.

1.1.3. Ferramentas de SEM: Yoast SEO

Ferramentas de SEM: Yoast SEO

O Yoast SEO é um plugin de WordPress que faz uma análise da sua página e apresenta algumas recomendações visando melhorar o desempenho em buscas orgânicas.

1.2. Ferramentas de Mídias Sociais

As mídias sociais têm um papel muito importante na geração de tráfego, tanto por meio de anúncios e publicações impulsionadas quanto por meio das publicações que aparecem no feed dos usuários.


Como criar conteúdo regularmente e gerenciar múltiplas contas dá muito trabalho, surgiram algumas ferramentas de marketing digital para oferecer suporte a essas atividades.

1.2.1. Ferramentas de Mídias Sociais: Sprout Social

Ferramentas de Mídias Sociais: Sprout Social

Sprout Social é uma ferramenta para gestão de mídias sociais que permite integrar contas de múltiplas redes sociais, automatizar publicações, programar chatbot, analisar desempenho, encontrar tendências, dentre outros recursos.


Existem ainda algumas ferramentas alternativas, como Hootsuite, MeetEdgar, Loomly, Later e Buffer.

1.2.2. Ferramentas de Mídias Sociais: Canva

Ferramentas de Mídias Sociais: Canva

O Canva é uma ferramenta de design que permite criar imagens e gifs nas dimensões adequadas para cada plataforma de mídia social. 


Existe uma versão gratuita que já é bastante completa e planos premium com recursos extras.

1.2.3. Ferramentas de Mídias Sociais: Toonly

Ferramentas de Mídias Sociais: Toonly

O Toonly é um software pago para a criação de vídeos com personagens animados. Sua interface super intuitiva permite que qualquer pessoa possa criar animações, mesmo sem ter experiência na área.


A mesma empresa tem outro produto, o Doodly, para a criação de vídeos de quadro branco (aqueles que têm uma mãozinha desenhando).

2. Ferramentas de Engajamento e Conversão

2.1. Ferramentas de Construção de Sites e/ou Blogs

Até alguns anos atrás, criar um site não era uma tarefa tão simples. 


Você precisava pensar no design do zero, desenvolver todo o código-fonte, fazer integração com outros aplicativos manualmente, etc.


Hoje em dia, já existem diversas ferramentas que te poupam deste trabalho, seja qual for a finalidade do seu site. 


Nessa categoria, nós veremos algumas ferramentas para construção de blogs e sites informativos.

2.1.1. Ferramentas de Construção de Sites e/ou Blogs: WordPress

Ferramentas de Construção de Sites e/ou Blogs: WordPress

O WordPress é essencialmente um Sistema de Gerenciamento de Conteúdo (CMS, do inglês Content Management System). 


Com o WP, você pode criar o seu site/blog facilmente a partir de templates e adquirir funcionalidades sob-demanda por meio de aplicativos integrados.

2.1.2. Ferramentas de Construção de Sites e/ou Blogs: Wix

Construção de Sites e/ou Blogs: Wix

O Wix é uma ferramenta para a construção de websites com mais funcionalidades embutidas comparado ao WordPress. 


Outra grande diferença em relação ao WP é a sua interface mais amigável para o público leigo.

2.1.3. Ferramentas de Construção de Sites e/ou Blogs: Webnode

 Webnode

O Webnode também é uma ferramenta para a construção de websites, mais barata que o Wix, portanto mais utilizado para a criação de sites pessoais e portfólios.

2.2. Plataformas de E-Commerce

Todas as ferramentas citadas na subcategoria anterior podem ser adaptadas para a criação de um site de e-commerce.


No entanto, existem ferramentas exclusivamente dedicadas à criação de lojas virtuais. 


Além de terem templates de páginas típicas de e-commerce (ex: catálogo, página de produto, carrinho de compras, etc), essas plataformas já possuem integração com meios de pagamentos, dentre outras funcionalidades úteis.

2.2.1. Plataformas de E-Commerce: Shopify

Shopify login

O Shopify, a plataforma de e-commerce mais utilizada no mundo, oferece vários recursos importantes para a gestão do comércio eletrônico. 


Algumas funcionalidades já vêm embutidas, outras são obtidas por meio da integração com aplicativos de terceiros.


No Brasil, existem algumas plataformas alternativas à Shopify, sendo Nuvem Shop e Loja Integrada as mais conhecidas.

2.2.2. Plataformas de E-Commerce: Sellfy

Sellfy

O Sellfy é uma plataforma de e-commerce especializada no modelo de print-on demand.


Nesse modelo, o vendedor cria um design que pode ser estampado em vários tipos de produtos (camisetas, bolsas, canecas, etc), anuncia esses itens na sua loja virtual e os pedidos dos clientes são encaminhados diretamente para a produção terceirizada.

2.2.3. Plataformas de E-Commerce: WooCommerce

WooCommerce

O WooCommerce é um plugin para WordPress que permite transformar facilmente o seu site ou blog criado em WP em uma loja virtual.

2.3. Plataformas de Infoprodutos

Assim como existem plataformas voltadas para a venda de produtos físicos, também existem ferramentas próprias para a hospedagem, comercialização e distribuição de infoprodutos.


Caso você não esteja familiarizado com esse termo, infoprodutos são produtos que podem ser distribuídos digitalmente, como cursos online, ebooks, audiobooks, consultoria, etc.

2.3.1. Plataformas de Infoprodutos: Teachable

Teachable

A Teachable é uma plataforma para a criação de sites devidamente equipados para a venda de cursos online. 


Ou seja, além das páginas de vendas, existe um controle de acesso para a área de membros (parte do site onde fica hospedado o conteúdo exclusivo para pagantes).

2.3.2. Plataformas de Infoprodutos: Thinkific

Thinkific

A Thinkific é uma das principais concorrentes da Teachable. 


Em essência, as duas entregam o mesmo tipo de serviço - hospedagem, venda e distribuição de cursos online - porém com diferentes funcionalidades e modelos de precificação.

2.3.3. Plataformas de Infoprodutos: Kajabi

Kajabi

O Kajabi é uma opção de plataforma de infoprodutos mais abrangente que a Teachable e a Thinkific (inclui construção de sites completos, automação de fluxos de trabalho e automação de e-mail marketing, dentre outras coisas), porém consideravelmente mais cara.

2.3.4. Plataformas de Infoprodutos: Podia

Podia

O Podia é similar ao Kajabi em termos de recursos e funcionalidades, porém é uma alternativa bem mais barata.

2.3.5. Plataformas de Infoprodutos: Hotmart

Hotmart

Diferente das plataformas anteriores, a Hotmart disponibiliza seus recursos gratuitamente e cobra uma comissão sobre as vendas (o que reduz o risco, mas enxuga a margem de lucro).


Além disso, a Hotmart tem como diferencial seu marketplace que conecta produtores digitais a afiliados.

2.3.6. Plataformas de Infoprodutos: Learndash

Learndash

O Learndash é um plugin de Sistema de Gerenciamento de Aprendizado (LMS, do inglês Learning Management System) para WordPress.


Em outras palavras, é um aplicativo que você integra ao seu site ou blog construído em WP para transformá-lo em uma loja de infoprodutos.

2.4. Ferramentas de Construção de Landing Pages

Blogs são ótimos para engajar a sua audiência. Websites são excelentes para deixar informações organizadas e acessíveis para os seus visitantes.


Mas, dependendo da sua estratégia, pode ser que você precise apenas de uma única página focada em um objetivo específico - por exemplo, vender um produto ou conseguir inscrições para um webinário.


Essas páginas são chamadas de Landing Pages e existem ferramentas dedicadas a facilitar a sua construção.

2.4.1. Ferramentas de Construção de Landing Pages: Instapage

Instapage

O Instapage é um software que permite a qualquer pessoa sem nenhuma experiência de programação seja capaz de construir uma landing page facilmente.


A ferramenta disponibiliza alguns templates que você pode customizar, usando a interface de arrastar-e-soltar para mudar texto, imagens e call to action (CTA).

2.4.2. Ferramentas de Construção de Landing Pages: Unbounce

Unbounce

O Unbounce é uma ferramenta bem semelhante ao Instapage, com algumas pequenas diferenças em termos de recursos e funcionalidades, porém com um preço muito mais acessível.

2.4.3. Ferramentas de Construção de Landing Pages: Leadpages

Leadpages

O Leadpages é a solução de baixo custo que cumpre bem o seu papel, apesar de ter menos opções de customização que as anteriores.

2.4.4. Ferramentas de Construção de Landing Pages: Thrive Architect

Thrive Architect

O Thrive Architect é um plugin de WordPress para criação de landing pages. Se você já tem um site ou blog construído em WP e quer criar páginas focadas em conversão, o Thrive Architect te oferece uma interface intuitiva e mais de 300 templates.

2.5. Ferramentas de Construção de Funis de Vendas

Uma landing page tem como propósito gerar conversões, ou seja, mover potenciais clientes de uma determinada etapa do funil de vendas para outra.


Os construtores de funil de vendas, por sua vez, te ajudam a criar um fluxo de páginas (em vez de uma página só), cobrindo praticamente toda a jornada do cliente até o momento da compra.

2.5.1. Ferramentas de Construção de Funis de Vendas: Clickfunnels

Clickfunnels

O Clickfunnels é a solução "no coding" para construção de funis de vendas mais popular do mercado. 


Se você quer criar um website onde cada página é estrategicamente desenhada para gerar conversões, o Clickfunnels é uma ferramenta que pode te ajudar.

2.5.2. Ferramentas de Construção de Funis de Vendas: ThriveCart

ThriveCart

O ThriveCart é um dos principais concorrentes do Clickfunnels, tendo como diferencial mais relevante o foco em sites de e-commerce. 


Outra peculiaridade do ThriveCart é o seu modelo de precificação, que cobra um valor único por uma assinatura vitalícia.

2.6. Ferramentas de E-mail Marketing

Quando um usuário se cadastra no seu site, você precisa enviar um email de confirmação. 


Muitas estratégias de marketing usam newsletter para estreitar o relacionamento com clientes. Na venda de produtos físicos, você precisa enviar emails de atualização de status do pedido.


O email ainda é o principal canal de comunicação online. 


Portanto, independentemente do tipo de negócio digital que você tenha, você precisa de uma ferramenta de email marketing.

2.6.1. Ferramentas de E-mail Marketing: MailChimp

MailChimp

Com o MailChimp, a ferramenta de e-mail marketing top of mind, você automatiza a importação dos dados de um formulário de cadastro para a lista de email, programa o envio de emails e pode até personalizar o texto automaticamente para cada destinatário.


Os planos pagos oferecem ainda outras funcionalidades, como Teste A/B e Segmentação Avançada.

2.6.2. Ferramentas de E-mail Marketing: Sendgrid

Sendgrid

O Sendgrid é outra opção de ferramenta de e-mail marketing, com uma interface menos amigável que o MailChimp, porém mais apropriada para enviar grandes volumes de email com velocidade e alta taxa de entrega.

2.6.3. Ferramentas de E-mail Marketing: ConvertKit

ConvertKit

O ConvertKit é uma ferramenta de e-mail marketing especialmente focada em criadores de conteúdo que querem monetizar em cima de uma audiência já existente, uma vez que possui suporte embutido para vendas de assinaturas e produtos digitais.

2.6.4. Ferramentas de E-mail Marketing: ActiveCampaign

Activecampaign

A ActiveCampaign é uma ferramenta mais abrangente, pois já vem preparada para cobrir todas as etapas da jornada do cliente, desde o primeiro contato com a marca até o pós-venda.


Existem outras ferramentas com uma proposta similar a da Activecampaign, como Hubspot e RD Station.

2.7. Ferramentas de Webinários

Algumas estratégias de marketing digital utilizam webinários ou aulas gratuitas como uma etapa do funil de vendas. Isso é especialmente aplicável no ramo de infoprodutos de alto valor, no qual a confiança tem um peso considerável na decisão de compra.


Se você decidir incluir webinários na sua estratégia, você necessariamente vai precisar de uma ferramenta para viabilizar a entrega desse conteúdo para a sua audiência.

2.7.1. Ferramentas de Webinários: Webinarjam

Webinarjam

O Webinarjam oferece a estrutura necessária para você receber até 5.000 participantes ao mesmo tempo, com acesso por diferentes dispositivos e chat ao vivo. 


Além disso, você pode programar a exibição de “replays” ou deixar a gravação sempre disponível para o seu público.

2.7.2. Ferramentas de Webinários: Clickmeeting

Clickmeeting

O Clickmeeting é uma alternativa ao Webinarjam, tendo como principal diferença o modelo de cobrança mensal e não anual como o seu concorrente.

2.8. Ferramentas All-in-One

A essa altura você já deve ter se dado conta de quantas atividades fazem parte de uma campanha de marketing digital. 


Ter uma ferramenta para cuidar de cada tarefa pode ser um tanto estressante, caro e ineficiente.


Imagine que toda vez que você adota um software novo, você gasta algum tempo para aprender a usá-lo, que cada empresa tem um modelo de cobrança diferente, sem falar da chatice que é decorar várias senhas e logar em vários sistemas.


Felizmente, existem as ferramentas all-in-one que agregam vários serviços por um preço mais econômico que a soma de todas as ferramentas que você precisa adquirir para ter um serviço equivalente.

2.8.1. Ferramentas All-in-One: Builderall

Builderall

A Builderall é uma das ferramentas mais completas de marketing digital que existem hoje no mercado. 


Ela cobre praticamente tudo que as ferramentas citadas anteriormente fazem e ainda oferece outras funcionalidades por uma fração do preço que você pagaria para assinar várias plataformas.

2.8.2. Ferramentas All-in-One: Systeme.io

 systeme.io

Outra excelente opção de plataforma all-in-one é a Systeme.io

Assim como na Builderall, você consegue criar websites, blogs, funis de venda, automatizar email marketing, gerenciar programas de afiliados, dentre outras coisas.


A diferença é que a Systeme.io elimina algumas funcionalidades que podem ser desnecessárias para muita gente (como integração com SMS e criação de Revista Eletrônica) e com isso consegue cobrar 60% a menos que a Builderall.

2.8.3. Ferramentas All-in-One: Kartra

Kartra

O Kartra é mais uma ferramenta bastante popular que cumpre diversas funções. Embora a qualidade do serviço seja inegável, a mensalidade custa 4x o valor da Systeme (mais caro até que a Builderall), tendo recursos e funcionalidades parecidos.

3. Ferramentas de Análise e Aprimoramento

3.1. Ferramentas de Analytics

Um erro comum dos empreendedores de primeira viagem é achar que existe uma fórmula para o sucesso de uma campanha de marketing digital.


Na verdade, o desenvolvimento da sua estratégia de marketing e vendas deve ser encarado como um experimento científico, no qual você testa hipóteses sobre o seu público-alvo, seu produto e sua comunicação.


Para colher dados desses experimentos, analisá-los e tirar conclusões, você vai precisar do apoio de ferramentas de Analytics.

3.1.1. Ferramentas de Analytics: Google Analytics

Google Analytics

O Google Analytics é uma ferramenta obrigatória para quem está começando. 


Seu uso é totalmente gratuito - você só precisa configurar o seu site uma vez para ter acesso a vários dados que vão te ajudar a entender o comportamento dos seus visitantes.

3.1.2. Ferramentas de Analytics: Mixpanel

Mixpanel

O Mixpanel é uma ferramenta paga, semelhante ao Google Analytics, porém com recursos mais sofisticados, como, por exemplo, apresentar o comportamento de um usuário em múltiplas seções, ainda que esteja usando diferentes dispositivos.

3.1.3. Ferramentas de Analytics: Hotjar

Hotjar

A Hotjar pertence a uma subcategoria específica, chamada de ferramentas de mapa de calor. 


Esse tipo de ferramenta registra o movimento do cursor do mouse e os cliques, para depois gerar um gráfico mostrando por quais áreas seus visitantes passam e interagem com mais frequência.


Dentre outras ferramentas parecidas com a Hotjar, podemos citar a Crazy Egg e a Mouseflow.

3.2. Ferramentas de Teste A/B

Digamos que você tenha um e-commerce e queira descobrir se a sua taxa de conversão será maior com um botão de “Comprar” verde ou vermelho. 


A solução ideal é dividir seus visitantes aleatoriamente, mostrar uma cor de botão diferente para cada grupo e comparar os resultados.


Esse tipo de experimento, muito comum no marketing digital, é chamado de teste A/B e existem ferramentas que te auxiliam a executá-los. 


No entanto, cabe salientar que muitas ferramentas de construção de landing page e funis de venda já possuem essa funcionalidade embutida.

3.2.1. Ferramentas de Otimização de Conversão: Google Optimize

Google Optimize

O Google Optimize tem uma versão gratuita que já te permite fazer muita coisa. 


Além de poder comparar o desempenho de páginas, você também pode fazer integração com o Google Analytics para uma avaliação ainda mais precisa.

3.2.2. Ferramentas de Otimização de Conversão: Optimizely

Optimizely

Enquanto o Google Optimize, na versão gratuita, atende bem as necessidades de pequenas empresas, a Optimizely é recomendado para empresas de médio a grande porte.


A complexidade dos experimentos que você precisa fazer é diretamente proporcional ao seu número de visitantes que você recebe, e a Optimizely é capaz de entregar ferramentas de análise mais avançadas para lidar com isso.